Orlando, o ex-lateral da Caldense que quase foi para a Copa de 1982

O lateral-direito Orlando Fernandes atuou pela Caldense de 1977 a 1979 e 1990. Com estatura e porte físico avantajado, apoiava o ataque e também ajudava na marcação. Foi um dos destaques do time no Campeonato Brasileiro de 79. Isso chamou a atenção do Atlético-MG, que o comprou logo em seguida por dois milhões e meio de cruzeiros.

No Galo, rapidamente conquistou uma vaga no time titular, aumentou sua produtividade e virou ídolo da torcida. Sua regularidade despertou o interesse de Telê Santana, então técnico da seleção brasileira, que o convocou para defender a amarelinha em 1980.

O bom desempenho lhe rendeu uma continuidade com a camisa do Brasil. Seu nome esteve inclusive entre os pré-selecionados para a Copa de 1982, mas uma lesão no dorso do pé o afastou dos gramados por alguns meses e lhe tirou a oportunidade de disputar o mundial.

Dois anos depois foi chamado para integrar a seleção olímpica em Los Angeles, mas não foi liberado pelo Colorado, time em que atuava. No ano de 1990 retornou à Caldense e marcou seis gols no Campeonato Mineiro. Posteriormente rodou por outras equipes até encerrar a carreira no Freamunde de Portugal, em 1994.