Câmara Municipal homenageia pessoas relacionadas à Caldense

Homenageados exibem placa entregue pelos vereadores (Foto: Renan Muniz / Caldense)

A Câmara Municipal de Poços de Caldas, através do Diploma de Mérito Esportivo Lázaro Walter Alvisi, homenageou uma série de personalidades que contribuíram para o esporte local ou se destacaram em alguma modalidade no âmbito municipal, estadual ou nacional. A sessão especial aconteceu nesta sexta-feira (05).

Assim como no ano passado, algumas pessoas relacionadas à Caldense foram homenageadas. São elas: Fábio Baptista de Carvalho (Fábio Paulista, ex-zagueiro), Itamir Ricci Dalla Rosa (ex-jogador de futsal), João Batista Alves (Pelado, futebol amador), José Araújo da Silva (Zezito, ex-técnico), José Lopes de Freitas (Jota Lopes, ex-jogador), Maria Eduarda de Lima e Silva (Duda, ex-jogadora de vôlei e professora de voleibol) e Raul Togni Filho (técnico de basquete).

Além disso, foram homenageadas também outras pessoas que contribuíram para o esporte local. Entre elas: Eduardo Ferreira Sena, Fernanda Togni do Lago, Isabel Maimone Ferreira, José Raimundo Júnior, Leandro Aparecido Rosa, Leonardo Rodrigues de Souza, Sidnei Carlos de Parolis e Vitor Camilo da Silva.

 

Veja a biografia de cada um dos homenageados:

 

Maria Eduarda de Lima e Silva – homenageada pelo Vereador Gustavo Bonafé Costa

Mais conhecida como Duda, é natural da cidade de Bonfim, veio para Poços de Caldas ainda garotinha. É filha de Luís Gonzaga da Silva e de Ana de Paula de Lima e Silva. É graduada em Educação Física pela Faculdade de Muzambinho/MG. Iniciou sua vida esportiva aos 15 anos de idade, participando dos Jogos Regionais da Média Mogiana, em Ribeirão Preto, defendendo as cores da Caldense. Cresceu no voleibol, a ponto de ser convocada para a Seleção Mineira Juvenil, em 1968. Posteriormente, foi convocada para a Seleção Mineira (adulta), Seleção Universitária Mineira e também a Brasileira. É detentora de quatro Troféus, sendo os dois mais importantes: o “Revelação”, do Campeonato Mineiro de 1966, e “Os Melhores de 72”, oferecido pelo Diário Associados e Federação Mineira de Voleibol. Também recebeu a Medalha de Melhor Atleta do Interior de Minas Gerais, oferecida pela Federação Mineira de Voleibol. Além disso, recebeu por quatro anos seguidos a medalha de Honra ao Mérito como “atleta eficiente”, oferecida pela diretoria da Associação Atlética Caldense. No próximo dia 13, completa 20 anos dando aulas como professora de vôlei na iniciação esportiva da A. A. Caldense, lapidando novos talentos para o mesmo clube em que dedicou sua trajetória.

 

Raul Togni Filho – homenageado pelo Vereador Paulo Tadeu Silva D’Arcadia

Poucas pessoas contribuem tanto com uma modalidade esportiva, com a imagem de uma cidade e com exemplos de vida por tanto tempo como Raul Togni Filho. Herdeiro do talento e da disciplina atlética do pai Raul, Raulzinho projetou seu nome no basquete brasileiro e mundial a partir das quadras da Associação Atlética Caldense, desde os anos setenta. Como atleta, seis vezes campeão mineiro nos anos 80, três vezes campeão paulista, campeão carioca, campeão gaúcho, três vezes campeão brasileiro, dois títulos sul-americanos, um título pan-americano, um título internacional pela seleção brasileira na Holanda e a classificação da seleção para o Mundial de 1998. Como técnico e assistente, também coleciona êxitos importantes que o torna um grande destaque do esporte em todo o Brasil. Raul ou Raulzinho sempre voltava para casa em férias, intervalos de competições, para caminhar pelas ruas da cidade, pelos lados da Rua Marechal Deodoro, onde começou a história de sua família. Visitava amigos, com um modo de agir singelo e afável, humilde e alegre, como se procurasse se desligar da figura esportiva destacada e reconhecida que construiu. Raul nasceu em 1964, filho de Raul Togni, goleiro excepcional e também jogador de basquete, e de Dona Marizeti Mangueira Togni. É casado com Claudia Rodrigues Leal Togni, tem três filhos – Diego ,Raul Neto e Gabriel. Hoje, enfrenta na Associação Atlética Caldense um dos seus maiores desafios: perpetuar a qualidade e tradição do trabalho de pessoas que ajudaram e ajudam a escrever com letras garrafais o nome da A.A.Caldense no cenário esportivo brasileiro, e agora internacional com a NBA Basketball School como parceiro. De volta para casa, como sempre procurou fazer. Raul Togni Filho, o primeiro Raulzinho, é um desses filhos de uma cidade que a honram e lhe dá orgulho, um grande atleta, um bom filho, um grande cidadão.

 

José Araújo da Silva – homenageado pelo Vereador Joaquim Sebastião Alves

Natural de Córrego Rico – SP, é popularmente conhecido como Zezito. É formado em Usinagem Industrial, porém sua trajetória teve destaque no futebol. Iniciou sua carreira no Jaboticabal Atlético, onde atuou como atleta profissional por mais de 10 anos. Além de sua formação inicial, possui diversos cursos e especializações no currículo, como: Curso de Treinador de Futebol, Cursos relacionados à Fisiologia do Exercício e Treinamento Físico, além do Curso de Arbitragem Profissional, da Federação Paulista de Futebol. Atua como treinador há mais de 30 anos e já trabalhou em mais de 30 clubes, nacionais e internacionais. Dentre eles, destaca-se a Associação Atlética Caldense, por onde passou por 8 vezes, a última delas na montagem da equipe para o Campeonato Mineiro de 2019. Também participou da preparação da equipe campeã mineira em 2002. Sua forte ligação com a Caldense fez com que criasse raízes em Poços de Caldas, onde se estabeleceu com a família há 20 anos e onde criou o projeto ZEF – Zezito Escola de Futebol. Atualmente, o projeto recebe mais de 100 crianças e conta com o apoio do DME e da COOPOÇOS, além de atender o “RECRIANÇA” com iniciação esportiva para alunos carentes do município.

 

Itamir Ricci Dalla Rosa – homenageado pela Vereadora Maria Lígia Moreira de Freitas de Podestá

Natural de Poços de Caldas, é casado, pai de 3 filhos e avô de cinco netos. É graduado em Ciências Contábeis e Direito, pela UNIFEOB, de São João da Boa Vista. Concluiu ainda MBA em Controladoria pela Fundação Dom Cabral e Pós-Graduação em Finanças pela Faculdade São Judas. Seu interesse pelo esporte começou ainda menino e, aos 14 anos de idade, ganhou seu primeiro campeonato pelo Clube Dragões. Na juventude, já trabalhando e estudando, ainda encontrava tempo para o futebol de campo e de salão. Com o passar dos anos, seu contato com a bola só aumentava. Itamir trabalhava durante o dia, à noite ia à Faculdade e treinava depois das 22:30. Quanta disposição! Por 40 anos foi funcionário da Alcoa e durante 15 anos trabalhou em uma unidade da empresa no exterior, até se aposentar como gerente de controladoria em 2009. Dividiu seu tempo jogando pelos times da Alcoa e da A.A. Caldense. Em 1967, foi atleta da seleção da Caldense, ano em que disputou o Campeonato Mineiro na cidade de João Monlevade. Entre os anos de 1967 e 1982, esteve em quase todas as seleções da cidade e, assim, disputou o campeonato estadual várias vezes. E fala com orgulho futebolístico, quando relembra a partida que disputou pela Caldense contra a seleção do Paraguai. Seu sucesso nos campos se deve à sua paixão pelo esporte!

 

Fábio Baptista de Carvalho – homenageado pelo Vereador Ricardo Sabino dos Santos

Natural de São Paulo, capital, é conhecido como Fábio Paulista. O esporte fez parte de sua vida desde muito cedo e aos nove anos de idade começou a frequentar escolinhas de futebol na sua cidade. Aos catorze anos, iniciou no Mogi-Mirim Futebol Clube atuando por dez anos: quatro nas categorias de base e seis na categoria profissional, chegando a disputar a Primeira Divisão do Campeonato Paulista e campeonatos de nível nacional, como a Série B do Brasileiro e Copa do Brasil. Sua excelente atuação e bons resultados levaram-no, aos 24 anos, ao Juventus – São Paulo. Posteriormente, atuou na Bulgária, no Levisk Sophia e na Rússia, no Anzhi.  Retornou ao Brasil e foi para o Boa Esporte de Ituiutaba – MG, cidade onde conheceu a sua esposa, Larisse Junqueira Mendes de Carvalho. Em sua admirável carreira, passou por vários clubes até chegar a Caldense, time que defendeu por cinco anos. Chegou ao time em um momento crítico, onde a veterana disputava a Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Neste momento Fábio Paulista teve papel fundamental como capitão do time, fazendo um belo campeonato e colaborando para a sua ascensão à Série A do Campeonato Mineiro. Após o término de sua carreira, fixou residência em Poços de Caldas e concluiu sua formação como professor de educação física e como treinador de futebol profissional e amador. Começou a exercer esse trabalho dentro da APHAS – Associação de Promoção Humana e Ação Social, dando aulas de futebol às crianças de famílias de baixa renda, assistidas pelo projeto. Sua vasta experiência lhe proporcionou um olhar técnico a jovens talentos, promovendo assim oportunidades a esses jovens de ingressarem em grandes clubes do país. É, ainda, idealizador do projeto Bola pra Vencer, atendendo a 240 crianças carentes no nosso município.

 

José Lopes de Freitas – homenageado pelo Vereador Wilson Rodrigues da Silva

Natural de Gonçalo, na Bahia, é casado com Paula de Moraes Freitas com quem teve as filhas Aline e Caroline, e o avô de pequeno Pedro. Ainda criança, foi com a família para São Paulo onde viveu sua infância e Juventude. Começou a jogar muito cedo e treinou nas categorias de base do Corinthians e do Palmeiras. Foi seu cunhado, Hernandes Fausto Moraes, quem o viu jogando em São Paulo e o convidou para fazer um teste na Caldense, onde foi aprovado. Mudou-se para Poços e aqui constituiu família e reside até os dias atuais. Jogou na Veterana de 1969 a 1981, mas neste período, entre idas e vindas, atuou também no Rio Claro, Palmeiras de São João, Flamengo de Varginha, Esportiva de Guaxupé, São José e Pinhalense. Em 1972, ganhou um troféu pelo gol mais bonito do ano, feito contra o América-MG. Neste mesmo ano, na inauguração da arquibancada do Cristiano Osório contra o Corinthians, ganhou o troféu Bandeirantes, por ter sido o melhor jogador em campo. Este prêmio só era entregue no Estado de São Paulo, mas tamanho era seu talento que o recebeu em Minas Gerais. Recebeu convites para jogar em times grandes de São Paulo como o Santos, mas acabou optando pela Caldense, sua grande paixão no futebol, pois ela foi muito importante para sua carreira e sua vida pessoal! Era vibrante em campo, jogou por amor à camisa e por amor ao futebol e até hoje é reconhecido pelo seu grande talento dentro dos campos.

 

João Batista Alves – homenageado pelo Vereador Mauro Ivan de Oliveira

Nascido em Palmeiral, é viúvo, pai de Anastácia, Angélico e Ângela, e avô querido de Gustavo, Guilherme e Leonardo. Aos 77 anos de idade, o “Pelado”, como é conhecido, é considerado uma lenda no futebol amador de Poços de Caldas. Conquistou catorze títulos amadores, foi nove vezes campeão do Torneio Início e de várias outras competições extintas nos dias atuais. Em 1975, ajudou a fundar o Esporte Clube Ponte Preta, composto por jovens que jogavam bola em um campo da zona oeste do Município, equipe que conquistou 42 títulos. Uma de suas maiores conquistas foi o título de Bi Campeão Regional pelo CEGA, de São Sebastião da Grama, da qual ele se orgulha muito. Atuou como treinador durante 44 anos, tempo que lhe deu a oportunidade de descobrir diversos talentos que foram encaminhados para a  Associação Atlética Caldense. Foi treinador da equipe de juniores da Associação Atlética Caldense, onde conquistou 06 títulos nesta categoria. São muitos anos dedicados ao esporte, mas “Pelado” não considera sua trajetória encerrada. E revela planos e acertos para a retomada do Esporte Clube Ponte Preta para o segundo semestre de 2019, pois acredita que tem ainda muito a contribuir para o esporte local.

 

Isabel Maimone Ferreira – homenageada pelo Vereador Lucas Carvalho de Arruda

Natural de Poços de Caldas, é filha de Rubens Ferreira e Érica Ferreira. Encontrou no esporte o motivo para superar uma deficiência congênita e, com apoio da família, tornou-se uma grande atleta da modalidade Natação. Iniciou sua participação em competições paralímpicas no ano de 2016 e vem colecionando conquistas desde então. Sua participação nos Jogos Escolares de Minas Gerais já lhe rendeu o tricampeonato nos 50m livre, os bicampeonatos nos 100m livre e nos 100m costas, e os campeonatos no 100m borboleta e no 200m medley. Nas Paraolimpíadas Escolares, é Bicampeã nos 100m costas e 200m medley, além de bicampeã do prêmio “Atleta destaque de Minas Gerais”. Sua mais recente conquista foi no Circuito Loterias Caixa que aconteceu em Uberlândia, onde aconteceu a etapa Regional Centro-Leste, fase classificatória para a etapa nacional que acontecerá no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro. Disputou em quatro modalidades e ganhou três medalhas de bronze e uma medalha de ouro, além de se classificar nos 100m peito para a etapa Nacional. Aos 17 anos, Isabel é exemplo de superação e uma grande campeã, levando com orgulho o nome de Poços de Caldas para todos as cidades.

 

Leonardo Rodrigues de Souza – homenageado pelo Vereador Marcelo Heitor da Silva

Natural de Poços de Caldas, é graduado em Educação Física pela UNIFAE, com especialização em treinamento desportivo e atividades físicas adaptadas. Iniciou sua carreira, como estagiário, na empresa SESI-Poços de Caldas. Após sua graduação, trabalhou como professor de educação física na rede particular de ensino e em diversas academias. Em 2013, teve seu primeiro contato com o Paradesporto através da AADV local, e desde então, atua também como educador e preparador físico na ADEFIP e AACD, nas mais diversas modalidades adaptadas. Realiza um trabalho de preparação física para atletas paralímpicos de alto rendimento, como Isabel Maimone, Campeã Brasileira de Natação, e Márcio Augusto, Campeão Mundial de Goalball. Por seu profissionalismo e dedicação aos atletas de nossa cidade, foi convidado para ser preparador físico da Seleção Mineira de Goalball, onde permaneceu por 3 anos. Logo após, assumiu como técnico da Seleção Mineira de Futebol de Sete, conquistando o pódio por diversas vezes. Através de seu trabalho como treinador, foi ganhador do troféu “Fair Play” do Comitê Paralímpico Brasileiro. Junto à equipe do Projeto Superar, desenvolve um trabalho pioneiro na cidade e região, fomentando a iniciação esportiva para pessoas com deficiência. Ele acredita que o esporte seja uma ferramenta de inclusão social, fazendo com que o deficiente seja reconhecido pelas suas potencialidades e não pelas suas limitações.

 

Fernanda Togni do Lago – homenageada pela Vereadora Maria Cecília Figueiredo Opípari

Nascida em Poços de Caldas, é casada com Alexandre Kocian e mãe de Gabriel e Giovanna. É formada em Odontologia pela Universidade de São Paulo – USP, atua como profissional liberal e professora do curso de Odontologia da Faculdade Pitágoras. Amante dos esportes desde sempre, mas com pouco incentivo e muito tempo dedicado aos estudos, iniciou tardiamente na vida esportiva, aos 37 anos, em 2014, na modalidade conhecida como Crossfit. Foi este esporte que a levou a sair do sedentarismo e estimulou sua paixão pela competição e busca pela superação pessoal. Sempre sonhou em correr e, em 2015, começou a se aventurar pelas corridas de rua, em Poços de Caldas. A paixão foi crescendo e os desafios foram sendo batidos: 5km, 10km, São Silvestre, Volta ao Cristo, Meia Maratona das Águas… Em 2016, subiu no primeiro pódio em um Campeonato de Crossfit na cidade de Araraquara. O amor pela corrida e o desejo de participar de uma Maratona fizeram com que, em 2018, voltasse a se dedicar exclusivamente à corrida e os resultados começaram a aparecer. Nesse período, em todas as corridas que participou subiu ao pódio. Este ano, continua seus treinos com um objetivo maior: concluir uma maratona de 42km. Ela espera que sua história encoraje outras pessoas a descobrirem o esportista que mora dentro delas e possam optar por um estilo de vida mais saudável.

 

Leandro Aparecido Rosa – homenageado pelo Vereador Pedro Gonçalves Magalhães Júnior

Nascido em Poços de Caldas, é casado com Dayany Pamella e pai de 4 filhos. Em 2002, a convite de um amigo, começou a treinar um grupo de meninas que queriam muito jogar futebol. Dois anos depois, disputaram um amistoso contra uma equipe do bairro Jd. dos Estados, cujo responsável era o Sr. Veldo de Oliveira Vallim, e foram vencedoras. No dia seguinte, o Sr. Veldo Vallim, procurou por Leandro e o convidou para assistir a um jogo da Liga Riopardense de Futebol. Uma semana depois, Leandro era o treinador de sua equipe. No mesmo ano, sagraram-se campeãs nas três categorias disputadas. Sua competência e profissionalismo foram reconhecidos e Leandro passou a comandar a Seleção feminina de Futsal de Poços de Caldas, onde permaneceu por três mandatos. Disputou várias edições do JIMI – Jogos do Interior de Minas, foi campeão da Taça de Futsal da TV Record de Mococa e Heptacampeão da Liga Riopardense, tornando-se, assim, o técnico que mais títulos conquistou à frente da seleção. Será eternamente grato, primeiramente a Deus, e depois ao Sr. Veldo Vallim. Atualmente, Leandro dá aulas de iniciação esportiva e treinamento para competição de alto rendimento a jovens e adolescentes. Uma trajetória de muita dedicação e trabalho, que resultou em grandes conquistas.

 

José Raimundo Júnior – homenageado pelo Paulo Eustáquio de Souza

Natural de Santa Rita de Caldas, é casado com Maria Izabel e pai de 2 filhos, Kaio e Vinícius. Possui graduação em Administração de Empresas e pós-graduação em Gestão e Marketing Esportivo. Atualmente, cursa o 4º período de Educação Física pela UFJF-Polo Santa Rita de Caldas. Por 9 anos foi militar da Força Aérea Brasileira. Em 1991, ingressou na Polícia Militar de Minas Gerais e, em 2017, passou ao posto de 2º Tenente. Trabalhou em várias unidades com destaque e esteve à frente da força policial que atuou na Copa do Mundo em 2014. José Raimundo é faixa preta de judô e pratica a modalidade desde 1982. Na juventude, obteve resultados expressivos, sempre se posicionando entre os três melhores judocas do Estado. Conquistou o vice-campeonato no Torneio Interestadual, que reuniu os estados de Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Atualmente, compete na categoria Master. Ficou em 3º lugar no Campeonato Paulista e foi vice-campeão do OPEN, em 2018, realizado na cidade de Itapecerica da Serra/SP. Ocupa a 5ª colocação no ranking Paulista e a 12ª no ranking brasileiro da categoria. Trabalha como professor de judô em vários projetos sociais e, ainda, ministra aulas extracurriculares em 3 instituições de ensino da rede privada.

 

Vitor Camilo da Silva – homenageado pelo Vereador Álvaro Assumpção Cagnani:

Natural da cidade de Divisa Nova, reside em Poços de Caldas há muitos anos, onde casou-se e teve 4 filhos. Há 34 anos, Sr. Vitor se apaixonou pelo atletismo. Ao longo desse tempo, participou de 25 provas da Corrida de São Silvestre e, como integrante da “CORPOS – Corredores Unidos de Poços de Caldas”, foi condecorado com 180 medalhas por ter participado e competido em diversas provas e campeonatos. Em 2009, então com 67 anos, o maratonista correu a Meia Maratona de Portugal, realizada na cidade de Lisboa. Por sua brilhante atuação e com um invejável preparo físico, foi o único brasileiro, dentre os 89 corredores, a disputar a prova na categoria sexagenária e, assim, subiu ao pódio conquistando o terceiro lugar. A Meia Maratona de Portugal permite atravessar a pé a Ponte Vasco da Gama, cujo trajeto é o mais longo da história. Esta prova é uma das mais concorridas e reúne grandes nomes desta modalidade. Com essa conquista, o maratonista poços-caldense vem se destacando no esporte e em competições de altíssimo nível. Atualmente, aos 76 anos, nem pensa em parar de competir, quer chegar ainda mais longe, contando com o incentivo de toda cidade.

 

Sidnei Carlos de Parollis – homenageado pelo Vereador Antonio Carlos Pereira:

Natural de Poços de Caldas, é filho de Celina Juni De Parolis e Antonio Carlos De Parolis, e casado com Rita de Cássia Reis De Parolis. Graduado em Educação Física pela Escola Superior de Educação Física de Muzambinho, é Pós-graduado em Treinamento Desportivo pela Escola Paulista de Medicina, em Biomecânica pela Unicamp e em Bioquímica, Fisiologia, Nutrição e Treinamento Desportivo também pela Unicamp. Possui Especialização em Treinamento Desportivo pela Universidade Estadual de Moscou. Foi professor universitário da Universidade José do Rosário Vellano entre os anos de 2007 a 2010 e possui 18 trabalhos científicos publicados em Congressos. Desde 1992, atua como professor de iniciação e treinador da modalidade de Atletismo da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Poços de Caldas, onde desenvolve pesquisas nas áreas de Descobertas de Talentos, Iniciação e Treinamento Desportivo. Seu excelente trabalho de preparação das equipes trouxe inúmeros títulos ao município, como por 28 vezes os Campeonatos Estaduais Mineiros (Sub-16, Sub18, Sub-20, Sub-23 e Adulto) e por 2 vezes o Terceiro Lugar no Troféu Brasil Infantojuvenil de Atletismo.

 

Eduardo Ferreira Sena – homenageado pelo Ver. Carlos Roberto de Oliveira Costa:

Natural de Poços de Caldas, o Tio Dú, como é carinhosamente conhecido, é filho de João Alves Sena e Manoela Ferreira Sena. Casado com Elisabeth Maria da Silva Sena, é pai Thiago Felipe Sena. É formado em Educação Física pela Escola Superior de Educação Física de Muzambinho. Atua como professor de Educação Física na Escola Profissional Dom Bosco, no Colégio Pelicano, na Escola João Pinheiro, no Colégio Fênix e na Escola Happy Day. Querido por seus alunos, a aula do Tio Dú é sempre um momento de muita diversão, pois ele tem um jeito todo especial de cativá-los para que desenvolvam as atividades propostas. Ele também é mestre de capoeira no Grupo Filhos do Bonfim e já ministrou cursos de capoeira em vários estados do Brasil, além se ser professor dessa arte. Em 1992, foi o idealizador do Projeto Cultural Arte e Capoeira, onde atua até hoje. O projeto social atende 50 crianças na comunidade do bairro Vila Togni. Sua alegria contagiante e sua força de vontade incentivam seus alunos a superarem obstáculos a cada dia.

 

 

Texto: Renan Muniz com informações de Thais Ferreira e Ana Amélia Franco