Estádios

Estádio Municipal Doutor Ronaldo Junqueira

O Ronaldão foi idealizado em 1977. O governo estadual doou um terreno para Poços de Caldas e a prefeitura municipal concedeu recursos para sua construção. Além disso, foram vendidas inúmeras cadeiras cativas e loteamentos da área doada para levantar recursos. A obra começou em 78 e levou um ano para ser concluída.

Após tudo pronto, a diretoria alviverde agendou uma série de amistosos para comemorar o lançamento do estádio e o aniversário de 54 anos do clube. A partida de estreia do novo campo ocorreu no dia 04 de setembro de 1979, contra o Corinthians. 11744 torcedores assistiram à aquele jogo, e viram as redes do Ronaldão serem balançadas pela primeira vez. Basílio, do Corinthians, foi o responsável por alcançar o feito, na vitória por 3 a 0 dos visitantes.
Na sequência a Veterana enfrentou o Londrina, quando foi superada por 2 a 0 e no dia 09 de setembro empatou com o Fluminense em 1 a 1, partida qual saiu o primeiro gol da história da Caldense no estádio, marcado pelo volante Donizete.
O Ronaldão foi palco de grandes jogos da Veterana. Entre eles o amistoso contra a seleção brasileira em março de 1981 e o jogo do título do Campeonato Mineiro 2002 contra o Nacional de Uberaba.
Estádio recém construído em 1979.
Estádio recém construído em 1979.

 

O Ronaldão é a casa da Caldense!
O Ronaldão é a casa da Caldense!

 

Estádio é palco de grandes jogos.
Estádio é palco de grandes jogos.

A inauguração do Ronaldão e o primeiro gol do estádio

 

 

Estádio Coronel Cristiano Osório

Em 1925 um grupo de amigos se reunia para praticar o esporte, que ainda engatinhava no Brasil. O local onde as partidas aconteciam era em um campo no centro da cidade denominado “Chalé Procópio”. Nos anos 30, a simplicidade era tanta, que sequer havia como cobrar entradas dos torcedores para assistir aos jogos, pois não havia muro que cercasse o gramado. O campo era completamente aberto e isso inviabilizava a realização de alguns jogos em Poços de Caldas, pois qualquer um podia entrar, o que gerava prejuízo.
Anos mais tarde, o time foi crescendo e com isso veio a necessidade de se fazer investimentos e melhorias em sua infra-estrutura. O terreno onde se situava o Chalé Procópio pertencia à família do Coronel Cristiano Osório, que tinha um carinho muito grande pela Veterana. Por esse motivo, o local foi doado para a Caldense, que em troca batizou o campo com o nome de Cristiano Osório. Começava ali umas das mais gloriosas épocas da equipe alviverde.
Foram tantas passagens marcantes como a série de 57 partidas invictas, jogos contra grandes equipes nacionais, treinamento da seleção brasileira de 58, amistoso contra o Santos de Pelé e o Olaria de Garrincha, passagem de inesquecíveis craques alviverdes, acesso para a divisão especial, conquista de três títulos de campeã mineira do interior e tantas outras lembranças.
O local recebeu algumas melhorias ao longo dos anos, como a construção de arquibancadas e a implantação de um sistema de iluminação. Mas com a inauguração do Estádio Municipal Dr. Ronaldo Junqueira em 1979 acabou sendo desativado e em seu local foram construídas quadras de tênis, de squash, de peteca, piscinas, society, enfim. O campo se foi, a saudade ficou.
Vista aérea do Cristiano Osório 1974

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.