Basquete da Caldense realiza trabalho para prevenção de lesões junto a profissionais da fisioterapia

por

Na tarde da última segunda-feira (13) os atletas do Sub-17 do basquete masculino da Caldense realizaram treinamentos no Ginásio Agostinho Loyola Junqueira junto à equipe de fisioterapia da PUC Minas de Poços de Caldas.

Os atletas executaram atividades que fazem parte de um sistema denominado sensório-motor, que reúne a execução de movimentos que induzem o fortalecimento muscular a fim de minimizar as contusões que costumeiramente ocorrem no esporte. 

Délcia Barbosa, fisioterapeuta que conduziu os treinamentos, exaltou a relevância da ação conjunta entre o esporte e a fisioterapia. “Hoje, no basquete e no voleibol, temos muitas lesões a nível de tornozelo, joelho e coluna entre os atletas. Com a fisioterapia nós podemos trabalhar atividades proprioceptivas para que essas lesões não venham a ocorrer”, relatou Délcia. “A fisioterapia esportiva está muito vinculada às práticas competitivas e é de grande importância que haja esse fortalecimento mais minucioso para que o jogador não venha a ter uma lesão mais grave com o passar do tempo. E quanto mais cedo o atleta iniciar a prevenção melhor”, completou a profissional.

A Caldense possui parceria com a PUC Minas de Poços de Caldas para que haja uma rotina de acompanhamento de profissionais da área junto aos atletas do esporte especializado, com o intuito de tornar a prática esportiva cada vez mais saudável evitando o risco de contusões e lesões futuras.

Atletas do basquete Sub-17 da Caldense realizando trabalho de prevenção de lesões