Em partida emocionante marcada pela superação, basquete adulto da Caldense é campeão da LIDARP 

por

Na tarde do último domingo (02) a Caldense disputou mais uma final em partida válida pela LIDARP (Liga Desportiva do Alto do Rio Pardo). Para fechar o final de semana de confrontos pelo torneio, os atletas do basquete da Veterana entraram em quadra com a missão de vencer o time de Machado para conquistar o primeiro lugar da modalidade.

Os dois primeiros quartos da partida não foram favoráveis ao time da Caldense. Os atletas adversários, a partir de certo momento do jogo, tomaram o controle das ações e conseguiram ampliar o marcador em boas sequências de jogadas dentro da quadra. As eficientes trocas de passes e infiltrações superaram o sistema defensivo alviverde, e a equipe de Machado chegou a abrir mais de 20 pontos de diferença no placar. O primeiro tempo colocou os atletas da Veterana em situação delicada para buscar o resultado no restante do confronto. 

A alta pontuação do adversário que marcava o placar e a boa atuação dos ataque de Machado no primeiro tempo não foram suficientes para impedir a reação da Caldense. Nos dois últimos quartos da final a Veterana conseguiu impor o seu jogo e escalar a diferença de pontos, buscando o resultado de forma heroica. A partida seguiu emocionante até, literalmente, os segundos finais, onde a equipe alviverde conseguiu boa jogada e fez a cesta que virou a partida. 64 a 63 mostrava o marcador, e a Caldense fechava o final de semana com mais um título na LIDARP.

O técnico Otávio Damião destacou a superação e a vontade demonstrada pelos seus atletas. “Foi um jogo totalmente atípico, onde nossos atletas já haviam feito um jogo pela manhã, em Campinas. Nós saímos de lá às duas horas da tarde e chegamos aqui apenas uma hora antes da final e, mesmo com o cansaço, todos foram pro jogo”.

“Os meninos entregaram todo o coração dentro de quadra, e a nossa defesa nesse jogo fez total diferença. Nosso último quarto foi o melhor de todos, onde o time esteve mais organizado e nós tivemos cabeça para defender o máximo possível e buscar o resultado”, ressaltou Otávio, enfatizando a importância do sistema defensivo em momentos chave do jogo. “Tenho certeza que essa final não vai sair da cabeça dos jogadores, foi emocionante para mim e para eles ver toda essa vontade e todo o potencial de recuperação deles para não desistir”, finalizou o treinador.