Em jogo com final emocionante, vôlei Sub-17 da Caldense sai na frente na semifinal da Liga de Campinas

por

Na noite da última terça-feira (28) o público que compareceu no Ginásio Luiz Sodré pôde acompanhar uma ótima e intensa partida de vôlei. As atletas Sub-17 da Caldense e da AABB de Limeira entraram em quadra, às 18h, para disputar a primeira partida da série semifinal da Liga de Campinas.

A equipe da Veterana sabia que vencer a primeira partida, em casa, era muito importante para sair na frente e ter mais tranquilidade para disputar o resto da série, mesmo sabendo da grande qualidade da equipe paulista. “Já imaginávamos que a partida seria muito difícil. Nós pegamos a primeira colocada da outra chave, e o trabalho da AABB é muito bom”, disse o técnico Thomaz.

Desde o início a partida já dava sinais da qualidade de ambas as equipes e, ponto a ponto, a torcida vibrava e apoiava as atletas com muita euforia. O primeiro set foi vencido pela equipe adversária que ameaçou estragar a festa da Veterana. “O primeiro set nos assustou. Foi algo que não esperávamos. Elas sacavam muito bem e nos deram poucos espaços. Nossa equipe, talvez, estava um pouco nervosa por estar em uma semifinal, mas isto acontece… Ao decorrer do jogo nós fizemos as trocas e, além do time titular, temos um banco muito sólido e muito bom, que vibrou o jogo todo, do início ao fim”, relatou Thomaz.

 

Técnico Thomaz Fonseca dando instruções para as atletas em um dos Time Out


O ponto chave para a virada da Caldense foi o fundamental entrosamento da equipe titular com as atletas que acompanhavam de fora. A qualidade que vinha do banco supria as necessidades pontuais do time e levava a Veterana de volta para o jogo. Thomaz também destacou que as trocas feitas, ao decorrer do jogo, tiveram um efeito muito positivo na consistência da equipe.

A Caldense, depois de perder o primeiro set, conseguiu se reencontrar no jogo e levou os dois sets seguintes, mas a expectativa de conquistar a vitória por 3 a 1 foi quebrada quando as atletas de Limeira venceram o quarto set e levaram tudo para o tie break.

O público que acompanhava viu o time de Limeira criar uma vantagem significativa no final do último set, e tudo indicava que iriam bater a Caldense em casa, porém, a cada ponto, as atletas alviverdes pareciam ganhar força para diminuir a diferença. Mesmo com o match point em mãos, Limeira viu a Caldense sair de 11 pontos e virar o placar para 16, conquistando, assim, a vitória no primeiro embate da série.

“O tie break é o “seja o que Deus quiser”, é onde quem errar menos vence. Foi uma vitória deslumbrante, onde elas se superaram tanto fisicamente como mentalmente e tecnicamente, e foi onde nós conquistamos essa vitória”, finalizou o treinador.

 

Lívia Campos, destaque da partida



Lívia, que saiu do banco e teve uma excelente atuação a ponto de ganhar o “Destaque do Jogo”, disse que a partida será sempre lembrada pela superação e pela emoção sentida. “Lá do banco nossa expectativa estava muito alta, ainda mais por ser um jogo tão grande. Quando eu entrei, eu confesso que fiquei bem tensa de início. Mas o jogo foi fluindo e a gente foi sentindo mais a partida”, disse a atleta.

“No segundo set, que conseguimos ganhar, a gente viu que realmente poderíamos ir pra final. O tie break foi inesquecível, foi “pau a pau”, e conseguimos um 16 a 14. Foi um jogo que eu jamais vou esquecer, com certeza. Me senti aliviada de ter feito a coisa certa”.