Matsumoto, ícone do tênis de mesa, realiza clínica com atletas da Caldense

Matsumoto, ícone do tênis de mesa, realiza clínica com atletas da Caldense

Nesta sexta e sábado, dias 14 e 15, a Caldense recebeu o atleta olímpico Cazuo Matsumoto. O mesa-tenista realizou uma clínica para mais de 50 alunos, do clube e de cidades da região. O objetivo foi passar sua experiência aos praticantes da modalidade e oferecer dicas sobre técnicas de jogo.

Matsumoto é considerado um dos melhores mesa-tenistas da história da modalidade no Brasil. Disputou as últimas duas Olímpiadas, Londres 2012 e Rio 2016, se tornou o primeiro latino-americano a vencer uma etapa do Circuito Mundial, conquistou três medalhas de ouro no Campeonato Latino-Americano e atingiu a 45ª posição no ranking mundial de tênis de mesa.

Durante o evento, Cazuo conversou com os alunos presentes, explicou a importância dos treinamentos e passou dicas valiosas. “Todos vieram animados para aprender e é muito bom esse intercâmbio. Na minha época não havia clinicas assim, com alguém que participou de Olimpíada para dar orientação. Muita coisa que estou passando aos alunos descobri sozinho. Então estou espalhando para ajudá-los a desenvolver mais rápido. Foquei na parte técnica, saques e recepção, que são movimentos fundamentais para o jogo” – comentou Cazuo.

O professor de tênis de mesa da Caldense, Alexandre Felippe, se mostrou muito satisfeito com as atividades. “Estamos coroando o ano trazendo o Cazuo para cá. Ele passou um pouco de suas vivências dentro das competições e apresentou técnicas novas. Para os alunos foi super proveitoso. Até porque ele é um ídolo, o pessoal acompanha os lances dele e tudo mais” – disse Felippe, que inclusive enfrentou Matsumoto na época em que atuava.

“Nós fizemos a final de uma etapa do brasileiro juntos, em 98 ou 99. Perdi o jogo para ele por 3 a 1. Tínhamos certo contato na época, mas depois ele ficou quase dez anos na Europa e acabamos nos distanciando. Mas agora que ele está no Brasil, fizemos o convite para visitar o clube e ele topou na hora” – falou Felippe.

Cazuo comenta a partida. “Lembro de termos nos enfrentado, ele jogava bem. Para mim é uma alegria reencontrá-lo depois de tantos anos e ver que ele está desenvolvendo um trabalho legal na cidade, que é feito em poucos lugares do brasil. Isso fomenta o esporte, dá oportunidade às pessoas. Fiquei feliz pelo o que vi aqui, espero que o projeto cresça a cada dia. Estão todos de parabéns” – finaliza.

Seja Sócio-torcedor

Camisa Retrô 1972 + Livreto

Camisas Oficiais 2022

Produtos Oficiais Licenciados