Em BH, Caldense se prepara para enfrentar América-MG pelas quartas de final

No jogo da primeira fase Caldense e América emparam no Ronaldão por 1 a 1. Veterana não vence o Coelho fora de casa há 14 anos (Foto: Renan Muniz / Caldense / Arquivo)

Após a partida contra o Cruzeiro, a delegação alviverde permaneceu em Belo Horizonte visando a preparação e recuperação física dos atletas para a partida das quartas de final contra o América, marcada para a próxima segunda-feira (25) às 20h na Arena Independência.

Na quinta a tarde os jogadores que atuaram contra a Raposa fizeram um trabalho regenerativo, enquanto os demais fizeram musculação e atividades físicas na academia do hotel. Nesta sexta e sábado a tarde o plantel realiza treinos técnicos na Cidade do Galo e no domingo uma movimentação tática pela manhã com local a definir.

A equipe alviverde conquistou mais um objetivo que era a vaga para a Série D 2020 e agora almeja avançar para a semifinal do Campeonato, além de estar de olho em uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem. São quatro vagas disponíveis, entretanto, novas vagas podem ser abertas caso Cruzeiro, Atlético e América, por exemplo, se classifiquem à competição através do Brasileirão ou Ranking da CBF.

O Verdão terminou a primeira fase da competição em sexto lugar com 13 pontos, enquanto o Coelho ficou na terceira posição com 22 pontos. O duelo será jogo único, quem vencer passa para a semifinal. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis.

 

Retrospecto

O retrospecto geral do confronto assinala 76 jogos, 15 vitórias da Caldense, 41 vitórias do América e 20 empates. A Veterana marcou 50 gols e sofreu 115. A última vitória alviverde sobre o América-MG ocorreu no Ronaldão no estadual de 2007, por 2 a 1. Entretanto, a última vitória fora de casa foi na partida decisiva da final da Taça Minas Gerais de 2005, quando o Verdão venceu no tempo normal por 2 a 1, com gols de Zé Maria e Tiago Pererira. Mas como no primeiro jogo havia perdido em casa por 1 a 0, o jogo foi para os pênaltis e o Coelho ficou com o título ao converter quatro penalidade contra duas da Veterana. No estadual deste ano, as equipes se enfrentaram na primeira rodada e o jogo ficou empatado em 1 a 1.

Desfalques e retornos

Para o duelo, a Caldense não poderá contar Leleco, que segue em tratamento no departamento médico. Os demais atletas estão em plenas condições de jogo. Ninguém está suspenso por cartões. A novidade é que Tiaguinho e Épido, que haviam ficado em Poços fazendo trabalhos físicos, viajaram para Belo Horizonte nesta quinta e estão à disposição para o jogo.

Pendurados

O lateral-esquerdo Edu Pina, o zagueiro Rodolfo e o volante Renan Ribeiro estão pendurados com dois cartões amarelos. Lazarini, Felipe Baiano, Lorran, Joel, Romário, Salatiel, Omar e Jean levaram um cartão cada na competição. Felipe Baiano (4), Judson (2), Romário (2), Lazarini, Lorran e Carlinhos são os autores dos gols da equipe no campeonato.

Relacionados

Estão com a delegação na capital mineira os seguinte atletas: Omar, Vitor Prada, Lazarini, Julio, Rodolfo, Renato, Jean, Reginaldo, Carlinhos, Judson, Edu Pina, Felipe Baiano, Salatiel, Renan Ribeiro, Allan Patrick, Romário, Robinho, Henrique, Lorran, Danrlei, Tiaguinho e Édipo.

Arbitragem

A arbitragem ficará a cargo de Felipe Fernandes de Lima, que apitou a derrota da Veterana para o próprio América-MG por 2 a 0 no estadual do ano passado. Além de Márcio Eustáquio Sousa Santiago (assistente 1), Marcus Vinícius Gomes (assistente 2), Leonardo Rotondo Pinto (quarto árbitro), Filipe Ramos de Santana (quinto árbitro), Wanderson Alves de Santana (árbitro assistente adicional 1), Murilo Francisco Misson Júnior (árbitro assistente adicional 2) e Carlos Henrique Tosta (observador).