VAR será utilizado pela primeira vez na história do Campeonato Mineiro no jogo entre América e Caldense, em caráter experimental

Jogo entre América-MG e Caldense pelas quartas de final do Mineiro será utilizado como evento teste para o árbitro de vídeo (Foto: Daniel Teobaldo / Divulgação CBF)

A principal novidade para a edição de 2019 do Campeonato Mineiro é o recurso do árbitro de vídeo, o VAR, que será utilizado de maneira efetiva a partir das semifinais da competição. Entretanto, como a Arena Independência ainda não recebeu uma partida com o sistema, a tecnologia será testada no jogo entre América e Caldense pelas quartas de final, marcado para a próxima segunda-feira (25) às 20h.

Essa será a primeira partida na história do estadual a contar com o Video Assistant Referee. O evento teste é obrigatório para todos os estádios antes do uso do VAR de maneira oficial. De acordo com o Artigo 38, a data limite para homologação dos estádios pela International Football Association Board (IFAB), é até a fase de quartas de final.

Mesmo a tecnologia sendo utilizada em caráter experimental, a arbitragem do jogo poderá recorrer ao recurso para tomar decisões, caso haja necessidade. A informação foi confirmada pelo assessor de comunicação da Federação Mineira de Futebol, Felipe Scheid.

Vale lembrar que o VAR pode ser consultado para tirar dúvidas em circunstâncias de gol, pênaltis, cartões vermelhos e erros de identificação de jogadores. Por enquanto, em Minas Gerais, apenas o Mineirão está liberado para o uso do árbitro de vídeo.