Série D 2020 terá 14 jogos na fase de grupos e se estenderá de maio a novembro

A CBF publicou na tarde de quinta-feira (03), o calendário do futebol brasileiro de 2020. Ficou definido que os estaduais, incluindo o Campeonato Mineiro, terão 16 datas disponíveis, entre 22 de janeiro e 26 de abril. A grande novidade é que o modo de disputa da Série D foi reformulado e a competição acontecerá de 03 de maio a 22 de novembro.

A partir do próximo ano, a quarta divisão do futebol brasileiro será disputada por 64 clubes, divididos em oito chaves de oito equipes, com confrontos de ida e volta, totalizando 14 jogos por time na fase de grupos (em 2019 cada equipe realizou seis partidas nessa fase). Classificam-se os quatro melhores colocados para a segunda fase, depois oitavas, quartas, semifinal e final.

O campeonato passará a ter 26 datas, não mais 16. A intenção é ampliar a quantidade de jogos, atendendo uma reivindicação dos clubes, que pediam um calendário mais extenso. A competição terá ainda uma fase preliminar com oito equipes, entretanto a Confederação Brasileira de Futebol ainda não especificou como essa etapa será disputada.

Devido à colocação em sexto lugar no Campeonato Mineiro de 2019, a Caldense conquistou vaga para a Série D 2020. “Assumimos o compromisso de aperfeiçoar cada vez mais o calendário do futebol brasileiro e estamos fazendo isso com diálogo e com firmeza de objetivos. Com isso, ganham todos: clubes e federações” – afirmou o presidente da CBF, Rogério Caboclo.