FMF apresenta nova proposta e governo autoriza retorno do Campeonato Mineiro em 26 de julho

Representantes dos 12 clubes do Módulo I fizeram reunião virtual (Foto: Renan Muniz / Caldense)

A Federação Mineira de Futebol realizou uma reunião via videoconferência na tarde desta terça-feira (07) com representantes dos 12 clubes que disputam o Módulo I do Campeonato Mineiro para debater sobre a retomada da competição. A Caldense foi representada pelo diretor de futebol Serginho Maracanã. Ficou decidido que a competição irá retornar no dia 26 de julho, com as equipes mandando jogos em suas respectivas cidades.

A FMF havia apresentado um projeto no mês passado para que a competição retomasse as atividades a partir do dia 26 de julho, com as partidas restantes sendo realizadas em um período de três semanas em sede única, seguindo uma série de cuidados e protocolos. Porém na ocasião a proposta não foi autorizada pelo COES-MG, entidade responsável pelo controle da pandemia do coronavírus em Minas, com a alegação através de nota oficial de que nenhum protocolo seria adequado no momento.

A decisão surpreendeu o presidente da FMF, Adriano Aro, que esperava ter a proposta aprovada, já que o Secretário de Saúde do Estado, Carlos Eduardo Amaral, havia sinalizado positivamente o retorno, o que não se concretizou. Entretanto na última segunda-feira (06), foi feita uma nova reunião entre FMF e Governo de Minas onde foram apresentadas algumas alterações no projeto de retomada. Dessa vez as autoridades deram o aval para a execução do plano, embora alguns trâmites burocráticos ainda estejam em andamento.

Sendo assim, foi convocada uma reunião com os clubes para definir a data de retorno e outros detalhes. Em votação, os times decidiram retomar os jogos em 26 de julho e mandar seus jogos em suas respectivas cidades, de acordo com a tabela original, diferente da ideia anterior de haver uma ou mais cidades-sede. Caso alguma prefeitura vete a partida, a FMF indicará um novo local. Outra novidade é que o Troféu Inconfidência não terá mais partidas de ida e volta, os duelos serão em jogos únicos (5º x 8º e 6º x 7º), com mando de campo das equipes melhores classificadas.

As partidas foram divididas da seguinte maneira: 10ª rodada em 26 de julho, 11ª rodada em 29 de julho, ida das semifinais em 2 de agosto e volta das semifinais em 5 de agosto.  As datas das partidas da final serão discutidos em uma nova reunião em 06/08 com os clubes finalistas, uma vez que podem ter conflito com as partidas do Campeonato Brasileiro, marcado para começar na segunda semana de agosto.

O Campeonato Mineiro 2020 está paralisado desde o dia 15 de março. Restam duas rodadas para o término da primeira fase, semifinais e final. Além dos confrontos do Troféu Inconfidência e Recopa. A Caldense ocupa a quarta posição na tabela com 17 pontos e tem compromissos pendentes contra Tupynambás e Cruzeiro. O América lidera com 21 pontos, Tombense vem em segundo com 20 e Atlético em terceiro com 18 pontos.

Elenco
O contrato de todos os jogadores da Caldense terminou no dia 26 de abril e a diretoria optou pela não-renovação para conter gastos. Contudo a Veterana ainda possui a parceria com um grupos de empresários do interior de São Paulo, os quais gerenciam vários atletas que integravam o elenco alviverde. Todos tem treinado em casa desde que a competição foi paralisada e a  grande maioria deve retornar ao Verdão para a sequência do estadual, bem como a comissão técnica.

Reinício dos treinos no CT
A Caldense enviou um projeto ao comitê gestor extraordinário de combate ao coronavírus de Poços de Caldas solicitando autorização para voltar aos treinos no Ninho dos Periquitos, seguindo o protocolo estabelecido pela CBF e uma série de cuidados com a saúde dos profissionais envolvidos. O Clube aguarda a aprovação do Comitê COVID-19 para definir a data de retomada das atividades no Centro de Treinamento.