Projetos de vôlei: Atleta enaltece os cuidados tomados pela Caldense no retorno das atividades

Treinos de vôlei acontecem no Ginásio Luiz Sodré Ayres (Foto: Renan Muniz / Caldense)

Com a retomada dos treinos de algumas modalidades em setembro e da iniciação esportiva na semana passada, os projetos de vôlei oferecidos na Associação Atlética Caldense seguem como um grande incentivo ao esporte. São eles: “Vôlei: Fábrica de Talentos”, do técnico Thomaz Fonseca, e “Vôlei: Gerando o Futuro”, do técnico Bruno, ambos com incentivo da UNIMED Poços.

A atleta do Sub-15, Giulia Gomes, escreveu uma bonita reflexão a respeito do tempo em que a modalidade ficou parada e dos cuidados que vem sendo tomados nas dependências do clube. Confira o texto na íntegra:

Desde a pandemia mundial e isolamento aplicado em meados de março deste ano, o esporte decaiu como prioridade da população. Compreensível, visto a situação em que essa se encontra.

Todavia, clubes de todos os lugares veem uma oportunidade de colaborar com a volta da rotina dos atletas. Entre eles, a Associação Atlética Caldense, em Poços de Caldas, que liberou suas atividades no começo de setembro.

Completou-se um mês de sucesso desde a volta das modalidades, com alunos, professores e funcionários colaborando entre si. No vôlei, há sempre a higienização da quadra e das bolas, além do uso de máscara, medição da temperatura e álcool em gel disponibilizado na entrada do clube. Nenhum participante apresenta riscos e os métodos adotados foram de fácil adaptação.

Não há dúvidas de que, com cooperação mútua, atenção e esforço, os treinos continuarão no caminho certo e farão extrema diferença no desenvolvimento de todos. A Caldense está de parabéns por sua flexibilidade e comprometimento diante de tais dificuldades.

Giulia Gomes, atleta do Sub-15 de vôlei