Veterana promove dois poços-caldenses ao profissional: Júlio e Henrique

O meia Júlio e o zagueiro Henrique, ambos nascidos em Poços, agora integram o elenco alviverde (Fotos: Renan Muniz / Caldense)

A atual diretoria da Caldense tem prezado por dar oportunidade aos jovens da cidade. Em 2018, dezenas de garotos tiveram a chance de treinar com a equipe alviverde e agora dois atletas assinaram contrato profissional com a equipe. O meia Júlio, de 20 anos, e o zagueiro Henrique, de 16 anos.

Júlio Magalhães Rangel nasceu em 20 de janeiro de 1998, é canhoto, tem 1,69 m e atua como meia. Jogou em Poços pela escolinha Curimbaba, depois defendeu as categorias de base do Red Bull Brasil por quatro anos e ficou um ano na base do Palmeiras. O jogador passou por um período de avaliações no Ninho do Periquitos ao longo dos últimos meses e fez contrato com o clube.

“Todos os garotos da cidade têm o sonho de jogar na Caldense. Tive a experiência de passar pelo Palmeiras, onde a cobrança e a pressão era muito grande e isso serviu como aprendizado para chegar na Veterana e mostrar o que posso fazer. Agradeço à todos pela oportunidade e prometo dar meu melhor” – disse Júlio.

Júlio esteve quatro anos no Red Bull e um ano na base do Palmeiras (Foto: Renan Muniz / Caldense)

Já Henrique Luiz Ambrósio da Silva, ou simplesmente Henrique, nasceu em 11 de março de 2002, atua como zagueiro e também é canhoto. Chama a atenção pela sua altura: 1,90 m aos 16 anos. Em Poços jogou pela escolinha Zico 10 e defendeu a Curimbaba em algumas competições. Posteriormente esteve ainda na base do Grêmio de Porto Alegre.

“Venho treinando com o elenco da Caldense há alguns meses, me dedicando no dia-a-dia. Nesse período pude evoluir e aprender muito. Agora estou tendo essa chance de me profissionalizar, pretendo manter o foco para conquistar grandes coisas aqui” – falou Henrique.

Henrique jogou na base do Grêmio e aos 16 anos chama atenção pela altura: 1,90 m (Foto: Renan Muniz / Caldense)