Clubes terão direito a cinco substituições no restante do Mineiro 2020

Alterações devem ser feitas em no máximo três ocasiões, para evitar pausas constantes no jogo (Foto: Renan Muniz / Caldense / Arquivo)

A Federação Mineira de Futebol adotou a medida provisória liberada em maio pela FIFA para que cada equipe tenha direito a cinco substituições durante o restante do Campeonato Mineiro 2020. As mudanças foram aprovadas pela International Board e visam amenizar o desgaste dos jogadores por conta da paralisação do futebol.

Na reunião realizada por videoconferência com representantes de todos os clubes no dia 07 de julho, a implantação das cinco substituições foi aprovada por unanimidade. A alteração é uma emenda temporária às regras do jogo.

Para evitar que o acréscimo no número de substituições diminuam o tempo de bola rolando e que haja “cera”, as trocas precisam ser feitas no máximo em três ocasiões por equipe. Assim, serão necessárias substituições de dois ou mais atletas simultaneamente.

Outra ação sugerida pela FIFA foi que as federações suspendessem temporariamente o uso do VAR, caso fosse necessário para cortar gastos. Entretanto a FMF confirmou que o árbitro de vídeo será utilizado nas partidas da semifinal e da final do estadual.

Um assunto que tem sido debatido entre torcedores da Veterana nas redes sociais é a questão da manutenção da obrigatoriedade do uso de estádios com pelo menos 10 mil de capacidade nas partidas da semifinal e final, já que os confrontos serão com portões fechados. Porém, de acordo com a assessoria da FMF “o tema não foi debatido na reunião das equipes” e a princípio “a regra está mantida”.